80% de adesão na greve dos trabalhadores do call center e backoffice da PT/MEO

10/1/2017

A PLP saúda e solidariza-se com a luta dos trabalhadores de call center e com as suas reivindicações e enaltece a necessidade de estender o combate pelo aumento dos salários, pelos direitos laborais e contra a precariedade, a todas as empresas do mesmo sector, em coordenação e solidariedade activas.

 

 

 

Partilhe no Facebook
Partilhe no Twitter
Partilhe no Linkedin
Please reload