Bloco quer discutir o problema da dívida para travar a desagregação europeia

18/12/2016

 

 

Assim vão os antigos oposicionistas à UE!


Propõem-se travar a "desagregação europeia" ou lutar contra a sua ingerência e opressão?

A burguesia imperialista não criou a UE com quaisquer objectivos humanísticos ou sociais e a recente experiência do governo Syriza demonstra que não é possível reformá-la com esses propósitos.

 

Não é a dívida que se deve discutir, com o objectivo de evitar a "desagregação da UE", mas antes se deve centrar o debate numa estratégia que permita lutar e unir os povos contra as imposições das instituições imperialistas, pela defesa da sua soberania e autodeterminação nacionais, bem como, contra o apoio dispensado às burguesias nacionais, permitindo-lhes que aprofundem a exploração capitalista sobre os trabalhadores.

 

A proposta do BE, de discussão da dívida, não vai no sentido de se opôr às imposições imperialistas, mas antes configura uma forma de evitar a desagregação da aliança imperialista que nos oprime.

 

Partilhe no Facebook
Partilhe no Twitter
Partilhe no Linkedin
Please reload